Medicina Especialidade Neurologia

Homem de 68 anos de idade, etilista contumaz desde jovem, mora sozinho e sua alimentação é ruim. Afirma que há cinco meses apresenta, de forma lenta e progressiva, dificuldade para caminhar, que piora no escuro. No exame geral, constata-se palidez cutânea mucosa, língua avermelhada e lisa, edema mole nos membros inferiores. O exame neurológico evidenciou uma disbasia tipo ataxotalonante, aumento da base de sustentação, hipotonia e, na prova de Romberg, queda para trás quando o paciente fecha os olhos. Apresentou abolição da sensibilidade tátil epicrítica, vibratória e cinético-postural e dos reflexos profundos. Não acusa neurite óptica, disartria nem déficit motor. Nesse paciente, a localização topográfica da síndrome neurológica e sua possível causa são:

  • A.

    Trato corticoespinhal da medula espinhal por déficit de vitamina B12.

  • B.

    Hemisférios cerebelosos por déficit de vitamina B12.

  • C.

    Cordão posterior da medula espinhal por esclerose múltipla (EM).

  • D.

    Atrofia do vermis cerebelar secundária por alcoolismo crônico.

  • E.

    Cordão posterior da medula espinhal por déficit de vitamina B12.