Medicina Especialidade Neurologia

SC é um homem diabético, hipertenso e tabagista. Ele tem 58 anos de idade, é torcedor fanático e sofre há décadas com seu time de futebol favorito. Seus familiares o definem bem …pessoa ótima, mas tudo descontrolado dotô. É pedreiro bem qualificado e dormiu bem na noite anterior; entretanto, ao despertar na manhã seguinte, sua esposa percebeu dificuldade para falar e ausência de força no lado direito da sua face e no seu braço direito também. Ao exame, sua pressão arterial era de 170×100 mmHg e o seu pulso regular, com 88 bpm. Os movimentos da boca estavam reduzidos à direita (ao mastigar, ele deixa a saliva e pedaços de alimentos caírem pelo canto direito da boca), mas ele consegue franzir a testa simetricamente. Durante o exame percebe-se extrema dificuldade para falar (e mesmo assim o que ele fala não é compreensível, pois ele só consegue resmungar algumas sílabas); além disso, parece não compreender o que lhe é falado, não obedecendo a comandos verbais simples, como levantar a mão esquerda. Sua visão e audição são normais. Embora ele consiga caminhar, percebe-se certa dificuldade por redução de força na perna direita. Sendo sua condição altamente sugestiva de trombose na artéria cerebral média esquerda, identifique qual o tipo de distúrbio de linguagem que este senhor apresenta.

  • A.

    Dislalia

  • B.

    Dislexia

  • C.

    Disartria

  • D.

    Disfasia de expressão (ou motora ou de Broca)

  • E.

    Disfasia de compreensão (ou sensitiva ou de Wernicke)