Medicina Especialidade Neurologia

Uma mulher de 19 anos de idade foi levada por familiares ao pronto-socorro por ter apresentado “desmaio”. Durante os dois dias anteriores, apresentava cefaleia moderada persistente, hemicraniana e eventualmente do tipo pontada. O episódio atual foi precedido de uma forte dor do tipo pontada na região parietal esquerda e, após alguns segundos, perda da consciência e do tônus muscular. Durante o traslado até o hospital, ela acordou e, progressivamente, recuperou os movimentos voluntários. Informou diagnóstico de enxaqueca com eletroencefalograma (EEG) e CT de crânio normais, tratada com analgésicos comuns durante as crises. Relatou também episódios frequentes de tontura e fraqueza que melhoravam com o repouso. Os resultados da nova CT de crânio e do eletrocardiograma foram totalmente normais. O exame neurológico no momento de chegada ao pronto-socorro não apresentava alterações. A cefaleia moderada persistiu.

Com base nesse quadro clínico, julgue o item abaixo.

As características do episódio de perda da consciência associadas aos resultados dos exames de imagem e EEG sugerem como principal hipótese diagnóstica a síncope vasovagal induzida pela dor.

  • C. Certo
  • E. Errado