Medicina Especialidade Neurologia

Leia o texto abaixo para responder às questões 36, 37, 38 e 39.

Paciente feminina, 19 anos, dá entrada na emergência com dor de garganta, artralgia, mialgia e T = 38,1°C há 3 dias. Há 1 dia teve cefaleia, rigidez de nuca, náuseas e vômito. Ao EF estava consciente, orientada, T = 36,9°C, FC = 100bpm, FR = 20ipm, PA = 110x80mmHg. Presença de rigidez de nuca, sinais de Kernig e Brudzinski negativo, hiperemia orofaríngea, BNF 2t sem sompros e MV + bilateralmente. O hemograma colhido apresentava contagem leucocitária de 21.000/mm3, eletrólitos normais, glicemia de 131mg/dL e Rx tórax sem alterações. Foi internada, recebeu hidratação vigorosa e permaneceu em observação. Após 12 horas, evoluiu com letargia aguda.

A partir da hipótese diagnóstica, espera-se o seguinte LCR dessa paciente:

  • A.

    Cel < 100, predomínio de linfo/mononucleares, proteína < 45, glicose até 2/3 do soro.

  • B.

    Cel > 500, predomínio de neutrófilos, proteína muito alta, glicose diminuída.

  • C.

    Cel 0 -5, predomínio de linfo/eosinófilo, proteína < 45, glicose normal.

  • D.

    Cel > 500, predomínio de linfo/mononucleares, proteína alta, glicose normal.

  • E.

    Cel > 500, predomínio de linfo/mononucleares, proteína alta, glicose normal.