Medicina Especialidade Neurologia

Um paciente epiléptico, com trinta anos de idade e com cerca de 80 kg, deu entrada no hospital em estado de mal epiléptico, por provável descontinuação dos medicamentos anticonvulsivantes. Ele recebeu primeiramente diazepam em bolus intravenoso, que interrompeu as crises motoras. Em seguida, a equipe médica preparou solução de fenitoína, na dose de 20 mg/kg, que também foi aplicada por via intravenosa durante cinco minutos. Após o segundo medicamento, houve súbita hipotensão de 60 mmHg × 30 mmHg, e bradicardia chegando a 30 batimentos por minuto.

De acordo com as informações acima, assinale a opção que apresenta a explicação mais provável para o ocorrido.

  • A.

    Desenvolvimento de edema cerebral pelas crises prolongadas, com hipertensão intracraniana e reação autonômica

  • B.

    O intervalo de tempo entre o diazepam e a Fenitoína foi muito curto.

  • C.

    A dose aplicada de fenitoína foi muito grande para esta situação clínica.

  • D.

    A velocidade de infusão da fenitoína foi muito elevada para essa situação clínica.

  • E.

    O estado de mal epiléptico foi interrompido e as alterações cardiovasculares indicam estado pós-ictal.