Medicina Especialidade Neurologia

Mulher de 45 anos em tratamento quimioterápico para neoplasia de mama apresenta forte cefaléia e febre, sem outras alterações ao exame clínico e neurológico. É realizada tomografia computadorizada de crânio e líquor lombar, cujos resultados são normais. Recebe alta assintomática. Dois dias após apresenta novamente forte cefaléia, acompanhada de tonturas, borramento visual e zumbido que a obrigam a permanecer deitada a maior parte do tempo. O exame clínico e neurológico é normal. É realizada ressonância nuclear magnética de encéfalo que mostra realce difuso da dura-máter após a injeção de gadolíneo. O diagnóstico mais provável é a

  • A. síndrome de hipotensão intracraniana.
  • B. síndrome de hipertensão intracraniana.
  • C. meningite química induzida pelo quimioterápico.
  • D. meningite carcinomatosa.
  • E. paquimeningite idiopática.