Questões de Concurso de Neuropediatria - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 636167

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 31

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

O trato córtico espinhal decursa quase totalmente ao nível do bulbo. Porém, uma parcela pequena de fibras (trato córtico espinhal anterior) permanece em seu trajeto ipsilateral até a medula. Acerca do trato córtico espinhal anterior, é correto afirmar que

  • A.

    pela nova norma anatômica, após revisão, definiu-se que o trato cortiço espinhal não existe. Essas fibras são, na verdade, parte do feixe espino cerebelar.

  • B.

    todas as fibras do trato córtico espinhal anterior irão decursar antes de fazer sinapse ao nível da medula.

  • C.

    as fibras do trato córtico espinhal anterior não têm função anatômica-funcional, sendo um resquício anatômico da evolução humana.

  • D.

    as fibras do trato córtico espinhal anterior são responsáveis pela inervação da musculatura do troco e parte proximal dos membros.

  • E.

    as fibras do trato córtico espinhal anterior fazem sinapse somente com os núcleos dos pares cranianos baixos (núcleo do vago, núcleo do acessório, núcleo do hipoglosso).

Questão 636168

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 32

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considere que, ao examinar um paciente do sexo masculino, observa-se a perda da sensibilidade de dor, temperatura e tato leve nos dermátomos abaixo do nível da linha mamilar, exceto na região sacral (preservação sacral). Essa constatação clínica ajuda a topografar a lesão em

  • A.

    lesão cortical na área 6 de Brodmann.

  • B.

    lesão cortical no giro pós-central.

  • C.

    lesão intramedular em nível medular de T4.

  • D.

    lesão extramedular em nível medular de T4.

  • E.

    lesão radicular em nível de T4.

Questão 636169

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 33

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Sonambulismo é uma das patologias relacionadas ao sono mais comuns. Com base nessa informação, assinale a opção correta.

  • A.

    A privação de sono anterior pode ser um dos fatores facilitadores do sonambulismo.

  • B.

    Sonambulismo está associado ao sono REM.

  • C.

    A idade de pico de incidência ocorre ao redor dos treze anos de idade.

  • D.

    Pacientes não devem ser acordados, pois há o risco de morte súbita.

  • E.

    O sonambulismo está associado a alguma doença clínica grave (na maioria dos casos), em particular em crianças.

Questão 636170

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 34

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Um paciente, com treze anos de idade, apresenta síndrome clínica caracterizada por dificuldade de soltar objetos, fraqueza distal em mãos e pés, face do tipo gota, ptose palpebral bilateral e bloqueio de ramo esquerdo cardíaco com hemibloqueio anterior direito.

Com base nesse quadro clínico, assinale a opção que apresenta a seguinte doença neurológica do referido paciente.

  • A.

    mucopolissacaridose

  • B.

    doença de Tangier

  • C.

    doença de chagas congênita

  • D.

    miopatia de nemalínica

  • E.

    doença de Steinert

Questão 636171

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 35

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Uma mulher, com dezoito anos de idade, portadora de uma infecção provocada pelo vírus da dengue, apresentou náuseas e vômitos, necessitando de internação para hidratação e uso de metoclopamida via venosa. Durante a internação, os sintomas evoluíram para uma realização de movimentos estereotipados do tipo: colocar a língua para fora várias vezes com careteamento, associados a movimentos de torção do pescoço, tronco e membros. Os olhos da paciente estavam desviados para cima.

De acordo com o quadro clínico apresentado, é correto afirmar que o provável diagnóstico é

  • A.

    crise convulsiva.

  • B.

    AVC de tronco.

  • C.

    mielinólise pontina.

  • D.

    reação diatônica aguda.

  • E.

    encefalite pela dengue.

Questão 636172

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 36

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Uma criança, com síndrome de Down, pode evoluir com sintomas de paraparesia e até tetraparesia. Ao medicar um paciente com esses sintomas, é correto afirmar que podem ocorrer alterações como

  • A.

    hidrocefalia.

  • B.

    estenose de canal cervical.

  • C.

    subluxação atlanto axial.

  • D.

    tumor medular do tipo ependimoma.

  • E.

    malformação vascular cervical.

Questão 636173

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 37

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considere um paciente, com vinte e dois anos de idade, com hipoacusia neurosensorial bilateral em que na imagem de RNM é detectado tumor em ambos os nervos otoacústicos. Com base nesse caso clínico, assinale a opção que apresenta a provável patologia.

  • A.

    neurofibromatose do tipo I

  • B.

    neurofibromatose do tipo II

  • C.

    esclerose tuberosa

  • D.

    meningioma

  • E.

    ependimoma

Questão 636174

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 38

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Acerca do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade é correto afirmar que

  • A.

    a base do diagnóstico seria o exame do potencial evocado cognitivo alterado (P300).

  • B.

    a base do diagnóstico são critérios clínicos descritos no DSMIV.

  • C.

    a apneia do sono não esta relacionada com desatenção em sala de aula.

  • D.

    RNM ou tomografia do encéfalo é fundamental para o diagnóstico.

  • E.

    a base do diagnóstico seria aumento na frequência de ondas betas visto no EEG.

Questão 636175

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 39

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considere um paciente com lesão periférica do nervo facial associado a perda da sensibilidade gustativa dos 2/3 anteriores da hemilíngua, hiperacusia e dificuldade de lacrimejamento do mesmo lado. Com base nessas informações, é correto afirmar que se trata de uma lesão no

  • A.

    nervo facial ao entrar no meato acústico interno.

  • B.

    nervo facial no ouvido médio depois de passar pelo músculo estapedio.

  • C.

    nervo facial no forame estilomastoideo.

  • D.

    nervo facial, hipoglosso e glossofaríngeo.

  • E.

    nervo hipoglosso, nervo facial e vago.

Questão 636176

Secretaria de Estado da Saúde - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico Neurologista - Área Neurologia Pediátrica / Questão 40

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Ao se examinar um paciente com lesão cortical, observouse que, ao informar um ato motor (imite como se abre a porta de um carro), o paciente era capaz de descrever verbalmente o ato motor, mas não pode realizá-lo. No entanto, ao fornecer um objeto a ele (chave) ele é capaz de fazer.

Com base nessas informações, assinale a opção que apresenta o principal sintoma neurológico.

  • A.

    agnosia visual

  • B.

    ataxia

  • C.

    apraxia ideomotora

  • D.

    apraxia ideacional

  • E.

    apraxia cinética