Medicina Especialidade Neuropediatria

Uma criança de 7 anos chega ao ambulatório de neuropediatria para consulta de primeira vez, com queixa de dificuldades no aprendizado e na alfabetização. A mãe não relata nenhum outro sintoma na anamnese dirigida, o exame neurológico é normal e sua hipótese diagnóstica é que o paciente a presenta dislexia . A mãe trouxe um eletroencefalograma solicitado pelo pediatra e o exame apresenta a seguinte alteração: “EEG anormal inespecífico, com ritmo dominante posterior com frequência teta de 5 Hz”. Nesse caso, a melhor droga a ser prescrita é:

  • A.

    nenhuma.

  • B.

    carbamazepina

  • C.

    ácido valproico.

  • D.

    topiramato.

  • E.

    lamotrigina.