Medicina Especialidade Neuropediatria

Uma adolescente com doze anos de idade queixa-se de dor do tipo pulsátil, sentida em um dos lados da cabeça, acompanhada de náuseas e, às vezes, de dor abdominal seguida de vômitos. Relata que, precedendo a cefaléia, tem sensação de fraqueza, tontura, enxerga pontos luminosos e sente fotofobia. O episódio costuma durar 30 minutos e, às vezes, 1 hora, melhorando com repouso e sono. Não associa sua queixa a nenhum tipo de alimento nem a qualquer atividade física. O quadro descrito costuma ocorrer com freqüência mensal ou bimensal, e sua mãe apresenta a mesma queixa. A dor melhora com uso dos analgésicos comuns. Freqüenta a escola, onde tem bom desempenho, mesmo considerando o grau de exigência imposto por professores extremamente rigorosos. O exame físico é normal, incluindo a avaliação neurológica. Hemograma, EAS e pressão arterial normais.

Com base no quadro clínico descrito acima, julgue os itens que se seguem.

As manifestações clínicas reveladas pela adolescente são compatíveis com o diagnóstico de enxaqueca, exceto pelo fato de ela referir melhora do quadro com uso de analgésicos comuns.

  • C. Certo
  • E. Errado