Medicina Especialidade Obstetrícia

A fim de detectar-se precocemente sofrimento fetal agudo, devem os batimentos cardiofetais, ser avaliados na frequência de:

  • A.

    a cada 30 minutos durante a dilatação no parto de gestante de baixo risco.

  • B.

    a cada 15 minutos durante a expulsão no parto de gestante de alto risco.

  • C.

    a cada 30 minutos durante a expulsão no parto de gestante de alto risco.

  • D.

    a cada hora durante a dilatação no parto de gestante de baixo risco, por ocasião do exame pélvico.

  • E.

    a cada 30 minutos durante a expulsão no parto de gestante de alto risco.