Medicina Especialidade Obstetrícia

Marque a alternativa correta sobre a profilaxia da infecção pelo estreptococo beta hemolítico na gravidez.

  • A.

    Seu rastreio não deverá ser feito de forma universal, apenas baseado nos fatores de risco gestacional.

  • B.

    Deve ser feito rastreio universal com cultura vaginal e retal entre 35-37 semanas de gestação; utilizando-se penicilina G anteparto nos casos de colonização e via de parto de indicação obstétrica.

  • C.

    Deve ser feito rastreio universal com cultura vaginal e retal entre 35-37 semanas de gestação; utilizando-se penicilina anteparto nos casos de colonização e cesariana para evitar a contaminação fetal no canal de parto.

  • D.

    Deve-se realizar a profilaxia anteparto com penicilinaGem casos de amniorrexe com mais de 18h e febre materna com mais 38 °C, mesmo nos casos em que a cultura para estreptococo beta-hemolítico tenha sido negativa.

  • E.

    Deve-se realizar a profilaxia anteparto com penicilina G em casos de parto pretermo (menos de 37 semanas de gestação), mesmo nos casos em que a cul tura para est reptococo beta-hemolítico tenha sido negativa.