Medicina Especialidade Obstetrícia

Um paciente, com 43 anos de idade, foi a uma consulta ginecológica de rotina. Relatou que sua irmã de 49 anos descobriu ser portadora de câncer de ovário recentemente. A moça está preocupada e deseja avaliação. A paciente também relata queixa de corrimento, não recorda a data de sua última consulta de rotina e nega ter realizado exames nos últimos três anos. Além disso, alega não ter casos de câncer de mama na família e nega ter doenças crônicas. Apresentou exame das mamas sem alterações, exame especular com presença de corrimento abundante, amarelo esverdeado com odor fétido, colo epitelizado, vagina epitelizada e vulva sem alterações. De acordo com o protocolo de saúde da mulher da Secretaria da Saúde da Prefeitura de Campinas, marque V para verdadeiro ou F para falso e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

( ) Trata-se de mulher de alto risco para câncer de mama, devendo ser solicitada a mamografia anual.

( ) O tratamento do corrimento pode ser feito com metronidazol 2g via oral dose única por tratar-se de um possível caso de Tricomoníase.

( ) O parceiro deve ser chamado para consulta e tratado para Tricomoníase.

( ) Caso o exame de citologia oncótica tenha sido colhido e apresentar alterações morfológicas celulares, a citologia deve ser repetida após o período de 2 a 3 meses para avaliar se há persistência dessas alterações.

( ) A presença de “clue cells” no exame bacterioscópico confirma o diagnóstico de Tricomoníase.

  • A.

    V/ F/ F/ F/ V

  • B.

    F/ V/ F/ V/ V

  • C.

    F/ F/ V/ F/ V

  • D.

    V/ V/ V/ V/ F

  • E.

    F/ V/ F/ V/ F