Medicina Especialidade Oftalmologia

Uma assaltante é atingida por um projetil de arma de fogo, sendo socorrida por populares e conduzida ao Serviço de Emergência do Hospital Municipal. Após 3 dias comparece ao IML conduzida por ambulância do hospital, para realizar exame solicitado pela autoridade. A paciente encontra-se com o membro inferior direito imobilizado por gesso e com um "capacete" de crepom que envolve a cabeça, estando lúcida e orientada. Sabendo que não há condições de realizar curativo no posto médico-legal onde trabalha, a conduta do médico será a de:

  • A.

    encaminhar a paciente ao hospital penitenciário, onde são realizados os exames dos presos enfermos;

  • B.

    não cabe exame de corpo de delito, pois a paciente está viva;

  • C. não realizar o exame;
  • D. realizar exame de corpo de delito direto;
  • E. realizar exame de corpo de delito indireto.