Medicina Especialidade Oftalmologia

Para estudar a possível associação entre a ocorrência de malformações congênitas e o uso de drogas ilícitas durante a gravidez, foram avaliados 100 recém-nascidos com anomalias e 200 sem anomalias, nascidos em uma mesma maternidade. Entre as mães dos que nasceram com anomalias, 4 foram usuárias de cocaína na gravidez. Entre as mães dos recém-nascidos sem anomalias, 2 também consumiram cocaína na gestação. A respeito dessa investigação, julgue o item a seguir.

Trata-se de um estudo do tipo caso-controle, e a chance de uma criança com anomalia congênita ser filha de mulher que consumiu droga na gravidez é 4,1 vezes maior que a de ser filha de mulher que não consumiu.

  • C. Certo
  • E. Errado