Medicina Especialidade Oftalmologia

A síndrome de Stevens-Johnson pode ser definida como uma afecção inflamatória aguda, febril e autolimitada, com duração aproximada de duas a quatro semanas, que afeta a pele e a membrana mucosa. A síndrome inicia-se geralmente após o uso de medicações ou ocorrência de infecções e, provavelmente, apresenta etiopatogenia autoimune. Na síndrome de Stevens-Johnson, a estrutura ocular mais comprometida é
  • A. retina.
  • B. esclera.
  • C. cristalino.
  • D. conjuntiva.
  • E. nervo óptico.