Medicina Especialidade Oncologia

Um homem de 62 anos de idade apresenta-se ao médico com história de hematoquezia e dor pélvica há 3 meses. É tabagista de 20 anos/maço e nega patologias prévias. Ao toque retal, apresenta massa friável, não fixa, palpável a 4-6 cm da margem anal. O restante do exame físico é normal. Colonoscopia com biopsia revelou adenocarcinoma de reto moderadamente diferenciado. Foram realizadas ultrassonografia transretal, tomografias de tórax, abdome e pelve e CEA, cujo valor foi 18 ng/mL. O estadiamento clínico foi T3N1M0. Nesse caso, a terapia mais adequada é

  • A.

    cirurgia, seguida de radioterapia (50 Gy/25-28 frações) com infusão contínua de 5-Fluorouracil (5-FU) adjuvante.

  • B.

    radioterapia (25 Gy/5 frações) com infusão contínua de 5-FU pré-operatória, seguida de cirurgia e quimioterapia adjuvante.

  • C.

    radioterapia (50 Gy/25-28 frações) com infusão contínua de 5FU pré-operatória, seguida de cirurgia, apenas.

  • D.

    radioterapia (50 Gy/25-28 frações) com infusão contínua de 5FU pré-operatória, seguida de cirurgia e quimioterapia adjuvante.

  • E.

    radioterapia (25 Gy/5 frações) pré-operatória, seguida de cirurgia e quimioterapia adjuvante.