Medicina Especialidade Oncologia

No que diz respeito à teleterapia em tumores do assoalho da boca, assinale a alternativa correta.

  • A.

    Quando a RT é a opção inicial, o leito tumoral (CTV) é tratado com margem de cerca de 4cm até a dose de 70 a 72Gy, e a inclusão das duas primeiras cadeias de drenagem linfonodal, os níveis Ib e II (CTV1), é mandatória, devendo receber dose de 60 a 64Gy.

  • B.

    Quando tratados cirurgicamente, os tumores iniciais devem receber radioterapia pós-operatória de as margens cirúrgicas forem exíguas, positivas ou se existir a presença de linfonodos comprometidos, infiltração vascular, perineural, linfática ou, ainda, de partes moles. A dose a CTV1 deve ser de 50 a 54Gy, e a CTV2, de 60 a 65Gy.

  • C.

    Para os tumores T1 e T2, se tratados por RT exclusiva, a dose final ao GTV deve ser de cerca de 72Gy. Na presença de linfonodos comprometidos, os níveis Ib a IV são tratados com dose de 50 a 54Gy.

  • D.

    Os linfonodos das cadeias Ib a IV são irradiados com dose de 60,4Gy (CTV1), incluindo-se as fossas supraclaviculares. O CTV2, representado pelo leito tumoral e linfonodos dos níveis Ib e II, deve receber de 70 a 75Gy.

  • E.

    Caso não haja comprometimento dos linfonodos cervicais, deve-se tratar todo o pescoço (CTV2) com dose mínima de 65Gy, sendo que o reforço deve ser feito com elétrons de 6 a 12MV.