Medicina Especialidade Ortopedia

Fraturas de rádio e ulna são comuns nos setores de atendimento traumato-ortopédicos e permitem as seguintes considerações:

  • A.

    A fratura de Smith corresponde à fratura do terço proximal da ulna com deslocamento da cabeça do rádio.

  • B.

    A fratura diafisária do terço distal do rádio associada à luxação da articulação rádio-ulnar distal é denominada fratura de Galliazzi.

  • C.

    A fratura de Colles se deve à queda sobre o punho estendido e ocorre na extremidade proximal do rádio.

  • D.

    A fratura de Monteggia corresponde à fratura do terço proximal da ulna, sem comprometimento da cabeça do rádio e é mais comum que a de Galliazzi.

  • E.

    A fratura de Smith ou de Galliazzi invertida ocorre em rádio distal e, é causada por queda sobre punhos fletidos.