Medicina Especialidade Ortopedia

Paciente jovem (36 anos) e politraumatizado. Submetido à esplenectomia, porém hemodinamicamente estável. Apresenta também fratura de fêmur bilateral, sendo a do lado direito com cominução severa na região diafisária. O fêmur esquerdo apresenta fratura transversa do 1/3 médio, sem cominução.

O tratamento imediato deve consistir em

  • A.

    osteossíntese com haste intramedular bilateral.

  • B.

    haste intramedular no fêmur esquerdo e osteossíntese com placa no fêmur direito.

  • C.

    síntese com placa bilateral.

  • D.

    tração esquelética bilateral e fixação intramedular em 10 dias.

  • E.

    tração esquelética bilateral, fixação com haste intramedular no fêmur esquerdo e osteossíntese com placa no fêmur direito, após 10 dias