Medicina Especialidade Otorrinolaringologia

Paciente de 67 anos queixa-se de sensação de “ouvido tampado” à esquerda e diminuição da audição nesse mesmo lado, há três meses. Procurou um médico, que prescreveu antibióticos e descongestionantes nasais, sem melhora do quadro. O exame de nasofibroscopia identificou lesão proliferativa em região da nasofaringe, recoberta por exsudato fibrinoso, envolvendo tuba auditiva do lado esquerdo. Ao exame físico, contatou-se a presença de nódulo endurecido de 2cm na cadeia espinhal à esquerda. As biópsias da lesão da nasofaringe e do nódulo cervical confirmaram o diagnóstico de carcinoma não queratinizado indiferenciado. Sobre essa neoplasia, assinale a alternativa correta.

  • A.

    A avaliação auditiva deverá indicar audiometria com perda auditiva do tipo condutivo e curva timpanométrica do tipo A.

  • B.

    O tratamento cirúrgico é indicado, pois esse tipo de neoplasia não é radiossensível.

  • C.

    A neoplasia está associada à infecção pelo Epstein-Barr vírus.

  • D.

    A quimioterapia não está indicada, mesmo nos casos avançados.

  • E.

    O carcinoma da nasofaringe é mais frequente em mulheres em proporção de 3:1.