Medicina Especialidade Otorrinolaringologia

Paciente de 45 anos, sexo feminino, queixa-se de vertigem rotatória, desencadeada com os movimentos da cabeça, principalmente à direita, acompanhada de náuseas. Nega sintomas auditivos. Durante a manobra de Dix-Hallpike a paciente apresentou nistagmo horizontal à direita fatigável. Com relação ao quadro, assinale a alternativa correta.

  • A.

    A vertigem postural paroxística benigna não se resolve espontaneamente e exige tratamento imediato medicamentoso.

  • B.

    Na fisiopatologia da vertigem postural paroxística benigna, as teorias da canalitíase e cupulolitíase relacionam-se, respectivamente, à suspensão de otólitos dentro do canal semicircular e à aderência de otólitos degenerados à cúpula da ampola do canal semicircular.

  • C.

    No diagnóstico da vertigem postural paroxística benigna a tomografia computadorizada tem importância relevante.

  • D.

    No tratamento da cupulolitíase as manobras de reposicionamento das partículas de otólitos não são eficazes.

  • E.

    Na vertigem postural paroxística benigna sinais cerebelares e oculomotores são comumente observados.