Medicina Especialidade Otorrinolaringologia

Considerando as principais afecções da laringe e glândulas salivares, assinale a opção correta.

  • A.

    A presença de alterações anatômicas supraglóticas compatíveis com laringomalácia, tais como pregas ariepiglóticas curtas, epiglote longa e retroposicionada e hipertrofia dos tecidos posteriores da laringe, é suficiente para o diagnóstico dessa doença.

  • B.

    O índice de transformação maligna das lesões laríngeas de papilomatose respiratória recorrente está, atualmente, em torno de 20% a 30%.

  • C.

    A caxumba é a segunda afecção viral mais comum que acomete as glândulas salivares, caracterizando-se pelo aumento difuso e doloroso em ambas as glândulas submandibulares.

  • D.

    Hemangiomas laríngeos normalmente são lesões únicas e mais comuns na região supraglótica.

  • E.

    Desidratação, sialolitíase, estreitamentos ductais, afecções autoimunes ou síndrome de Sjögren são fatores predisponentes da parotidite recorrente na infância.