Medicina Parte Geral

       Uma mulher com 32 anos de idade procurou o consultório médico com queixas de nervosismo intenso, iniciado há 3 semanas, labilidade emocional, perda de peso, apesar de aumento do apetite, e tremor nas mãos. Há 4 dias, passou a apresentar palpitações taquicárdicas associadas a sensação de escurecimento visual quando realiza atividades físicas moderadas. O exame mostrou taquicardia, pressão arterial normal, pele quente, lisa e sudorética e cabelos finos. A tireóide apresentou aumento difuso — duas vezes o tamanho normal — e sopro. A ausculta revelou ritmo cardíaco bastante irregular, ausência de sopros e pulmões limpos.

Com base no quadro clínico apresentado, julgue os itens a seguir.

Devem ser considerados, no diagnóstico diferencial do caso em apreço, a síndrome do pânico, o feocromocitoma e o uso de medicamentos que contenham hormônios tireoidianos, entre outros.

  • C. Certo
  • E. Errado