Medicina Parte Geral

Nas síndromes coronarianas agudas sem elevação do segmento ST, a estratificação de risco precoce implica na probabilidade do paciente evoluir de forma adversa. Todos os achados abaixo caracterizam um alto risco, EXCETO:
  • A. Infarto agudo do miocárdio prévio.
  • B. Angina em crescendo, nas 48 horas prévias.
  • C. Alterações transitórias do segmento ST, maior ou igual a 0,05mV.
  • D. Hipotensão arterial.
  • E. Novo sopro sistólico mitral.