Questões de Concurso de Patologia - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 885878

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 41

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

Paciente de 65 anos de idade apresenta há 10 meses linfadenomegalia generalizada com gânglios de até 3 cm de diâmetro e simétrica (cervical, supraclavicular, axilar e inguinal), bom estado geral e assintomático. Exames complementares sem alterações significativas. Realizada a biopsia e encaminhado ao patologista foi emitido um laudo com o diagnóstico de linfoma não-Hodgkin. Em relação a este caso, avalie se podemos fazer as seguintes considerações:

1. O padrão apresentado ao exame do pequeno aumento é muito útil para o diagnóstico do subtipo.

2. Pelo tamanho das massas devemos considerar como um linfoma agressivo.

3. Uma das principais possibilidades diagnóstica é o linfoma folicular.

4. É fundamental a realização do exame imuno-histoquímico para o CD20 para comprovar a origem da neoplasia e o uso da terapia alvo.

Está CORRETO o que se afirma em:

  • A. 1 e 2.
  • B. 4 apenas.
  • C. 2 e 3.
  • D. 1 e 3.
  • E. 3, apenas.

Questão 885879

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 42

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

O câncer de pulmão é uma das causas mais comuns de morte por neoplasia maligna e constitui importante problema de saúde pública. Em relação a esta doença NÂO é correto afirmar que:
  • A. o carcinoma epidermoide tem localização usualmente central e tende a aparecer nos grandes brônquios.
  • B. o carcinoma de grandes células à microscopia não apresenta arranjo característico, isto é, não há sinais de diferenciação escamosa e nem formação de estruturas glandulares.
  • C. as células do carcinoma de pequenas células possuem escasso citoplasma, sem arranjo definido e podem formar pseudorosetas.
  • D. os adenocarcinomas são positivos para o TTF-1.
  • E. hoje em dia podemos dividir o carcinoma pulmonar em dois grandes grupos: carcinoma de pequenas células e não pequenas células.

Questão 885880

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 43

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

O diagnóstico das anormalidades escamosas vistas em exames citológicos baseia-se em divisão por categorias. São elas:
  • A. atipias celulares de significado indeterminado (ASCUS) e lesões cervicais de baixo grau (LSIL); de alto grau (HSIL).
  • B. células escamosas atípicas (ASC), lesões cervicais de baixo grau (LSIL); de alto grau (HSIL) e carcinoma de células escamosas.
  • C. células escamosas atípicas (ASC), atipias celulares de significado indeterminado (ASCUS); atipias celulares não sendo possível excluir lesão de alto grau (ASC-H) e carcinoma de células escamosas.
  • D. neoplasia intraepitelial (NIC) I, II, III e carcinoma de células escamosas.
  • E. lesões cervicais de baixo grau (LSIL); de alto grau (HSIL) e carcinoma de células escamosas.

Questão 885881

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 44

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

No carcinoma prostático a graduação histológica tem grande interesse prático, pois guarda uma relação com o estadiamento clínico e com o prognóstico. O sistema de Gleason é o mais utilizado e classificado em cinco graus de acordo com a diferenciação glandular e o padrão de crescimento em relação ao estroma. Em uma biópsia de próstata, 90% da área examinada mostram desarranjo estrutural e infiltração do estroma e 10% exibem também fusão entre os ácinos. Neste caso, o grau da neoplasia é classificado como:
  • A. 3 + 4.
  • B. 3 + 5.
  • C. 2 + 3.
  • D. 2 + 4.
  • E. 4 + 5.

Questão 885882

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 45

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

Em relação aos carcinomas mamários invasores, é CORRETO afirmar que:
  • A. o carcinoma mucinoso se apresenta como massa infiltrativa de aspecto gelatinoso.
  • B. uma das características do carcinoma medular é o intenso infiltrado linfocitário.
  • C. o carcinoma inflamatório é localizado e se apresenta com edema, eritema e calor.
  • D. o carcinoma ductal infiltrante com padrão cribriforme e foco de necrose é classificado como alto grau.
  • E. a disseminação intraepidérmica de células malignas é uma característica do carcinoma tubular.

Questão 885883

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 46

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

Ao examinar uma peça cirúrgica do estômago, foi evidenciada uma lesão superficial com discreta depressão na superfície do tumor e outra onde a depressão era mais profunda, formando uma úlcera. De acordo com tais achados, este adenocarcinoma gástrico precoce é classificado como:
  • A. IIc + III.
  • B. IIb + IIc.
  • C. IIb - III.
  • D. I + IIc
  • E. IIa + III.

Questão 885884

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 47

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

O tumor cerebral caracterizado histologicamente pela hipercelularidade, grande variabilidade celular, células gigantes, frequentes mitoses, vascularização abundante e extensas áreas de necrose é diagnóstico de:
  • A. astrocitoma subependimário de células gigantes.
  • B. oligodendroglioma anaplásico.
  • C. astrocitoma anaplásico.
  • D. glioblastoma.
  • E. astrocitoma difuso.

Questão 885885

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 48

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

Biópsia de pele exibe epiderme atrófica e retificada, com uma faixa de derme subjacente desprovida de infiltrado inflamatório. Na derme encontram-se grandes grupamentos de macrófagos com citoplasma abundante e vacuolado. Linfócitos são raros. Diante desse quadro histológico, a seguinte coloração (histoquímica) seria prioritária:
  • A. Sudan.
  • B. PAS.
  • C. Ziehl-Neelsen
  • D. Warthin-Starry.
  • E. Grocott.

Questão 885886

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 49

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

Paciente com 57 anos de idade, sexo masculino, realizou biópsia de linfonodo cervical com diagnóstico de neoplasia maligna indiferenciada de grandes células. As principais hipóteses pela morfologia eram: linfoma, carcinoma e melanoma. O painel básico para iniciar o estudo imuno-histoquímico deverá incluir os seguintes anticorpos:
  • A. CD20, CD3, proteína S-100 e EMA.
  • B. HMB45, EMA, pool de ceratina e CD45.
  • C. EMA, CD30, CD45, CD20.
  • D. pool de ceratina, proteína S-100, antígeno leucocitário comum (LCA), CD20.
  • E. CD45, CD30, HMB45, pool de ceratina.

Questão 885887

Secretaria de Estado da Saúde - RO (SESAU/RO) 2017

Cargo: Médico Patologista / Questão 50

Banca: FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível: Superior

Biópsia de seio nasal em paciente diabético de 56 anos de idade mostra a presença de hifas largas, não septadas, que dicotomizam em ângulo reto e invadem a parede arterial provocando trombose. O provável diagnóstico é:
  • A. candidíase.
  • B. aspergilose.
  • C. (C) mucormicose.
  • D. esporotricose.
  • E. criptosporidiose.