Medicina Especialidade Patologia

Em relação à hanseníase, não se pode afirmar que:

  • A.

    no eritema nodoso hansênico, há infiltrado inflamatório na hipoderme com vasculite linfocítica;

  • B.

    o bacilo de Hansen é um microorganismo de alta infectividade e de baixa virulência e patogenicidade;

  • C.

    na hanseníase indeterminada há, na derme e hipoderme, infiltrado inflamatório discreto de linfócitos e histiócitos ao redor de vasos, anexos e filetes nervosos;

  • D.

    os bacilos reconhecidos na coloração para BAAR como estruturas granulosas correspondem a bacilos inviáveis;

  • E.

    na hanseníase virchowiana, a epiderme é atrófica e, na derme, observam-se histiócitos xantomatosos altamente bacilíferos.