Medicina Especialidade Patologia

Texto III, para responder às questões de 26 a 28.

A infecção hospitalar é uma importante causa de morbidade e mortalidade na população idosa, causando aumento do tempo de internação do paciente. As topografias prevalentes de infecção hospitalar são, geralmente, infecção respiratória, do trato urinário e do sítio cirúrgico.

A identificação dos patógenos é muito importante para a definição das atividades desenvolvidas pela comissão de controle de infecção hospitalar (CCIH). Assinale a alternativa correta acerca do isolamento e da identificação dos micro-organismos.

  • A.

    Os patógenos mais frequentemente isolados de amostras oriundas de pacientes com suspeita de infecções hospitalares são os do grupo de bactérias Gram-positivas, como a Escherichia coli e as Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter spp.

  • B.

    A identificação dos gêneros dos microrganismos é suficiente para que medidas importantes no controle da infecção hospitalar sejam adotadas.

  • C.

    Métodos de tipagem epidemiológica que determinam características fenotípicas são os mais adequados para a caracterização dos micro-organismos associados à infecção hospitalar.

  • D.

    Klebsiella pneumoniae, produtora de b-lactamase, cujo resultado no antibiograma apresentou resistência intermediária à ampicilina, deve ser considerada sensível a esse antibiótico.

  • E.

    Cepas de Staphylococcus aureus resistente à meticilina ou à oxacilina e glicopeptídeos são denominados de MRSA e MARSA respectivamente.