Medicina Especialidade Patologia

Texto IV, para responder às questões de 30 a 35.

Criança de quatro anos de idade, do sexo masculino, branca, moradora de região próxima ao Distrito Federal, apresenta fraqueza e febre, aparecimento de petéquias e equimoses disseminadas pelo corpo, após traumas pequenos e leves, gengivorragia pós-escovação e esplenomegalia. Com a realização de hemograma e EPF, foi relatada a hipótese diagnóstica de anemia associada à parasitose intestinal.

Considere que o hemograma do paciente tenha apresentado uma contagem total de 6.000 leucócitos/mm3, entre os quais 3.600 cel/mm3 eram de linfócitos, 90 cel/mm3 de monócitos, 2.400 cel/mm3 de segmentados e 0 cel/mm3 de basófilos e eosinófilos. Considere também que tenha sido realizada a punção de medula óssea para a realização do mielograma. Assinale a alternativa correta a respeito das leucemias.

  • A.

    A leucometria exibida nesse hemograma indica que o paciente apresenta síndrome de leucoestase.

  • B.

    A A diminuição do número de segmentados e a ausência de mielócitos e matamielócitos no sangue periférico caracterizam o desvio à esquerda.

  • C.

    Com a punção da medula óssea, foi determinada a presença do cromossomo Filadélfia (Ph), que é um marcador específico da leucemia mieloide crônica, descartando-se a leucemia linfoblástica aguda.

  • D.

    A presença de bastões de Auer em mais de 70% dos blastos exclui a leucemia mieloide aguda.

  • E.

    A identificação da desoxinucleotídeo terminal transferase (dTT) é um forte indicativo de leucemia linfoblástica aguda.