Medicina Especialidade Pediatria

Considere o caso de um recém-nascido que nasceu bem desenvolveu cianose central leve no primeiro dia de vida, com piora progressiva na primeira semana. O pediatra neonatal suspeitou de uma cardiopatia congênita. Na tentativa de se diferenciar de uma pneumopatia, foi realizado um teste de hiperoxia. Considerando esse quadro clínico, julgue os itens subseqüentes.

I Devem-se incluir no diagnóstico diferencial: transposição simples dos grandes vasos da base (TGVB), hipoplasia do coração esquerdo, dupla via de saída do ventrículo direito com estenose pulmonar e tetralogia de Fallot.

II Um aumento da PO 2 acima de 160 mmHg após a administração de oxigênio a 100% durante 5 a 10 minutos sugere a ausência de cardiopatia congênita, enquanto que acima de 250 mmHg definitivamente a exclui.

III Caso se trate de atresia tricúspide, além da presença de cianose precoce e sopro sistólico em bordo esternal, a radiografia do tórax mostrará hipofluxo pulmonar e o eletrocardiograma mostrará sobrecarga de ventrículo direito e hemibloqueio anterior esquerdo.

IV Se a hipótese diagnóstica for transposição dos grandes vasos da base, o tratamento clínico prevê a administração de prostaglandina, com o objetivo de manter permeável o canal arterial, e a realização de atriosseptostomia, a fim de melhorar a oxigenação sistêmica. O tratamento cirúrgico consiste da cirurgia de Jatene, que deve ser realizada até 21 dias de vida.

A quantidade de itens certos é igual a

  • A.

    1.

  • B.

    2.

  • C.

    3.

  • D.

    4.