Medicina Especialidade Pediatria

O pediatra deve ser um médico especializado no atendimento geral à criança. Sua formação deve abranger conhecimento sobre os mais diversos espectros da saúde, das doenças mais prevalentes e daquelas situações que, embora não tão freqüentes, já começam a assumir um certo destaque - por conta da melhoria da qualidade de vida das famílias e da redução das doenças mais prevalentes (doenças infecto-contagiosas imunopreveníveis, diarréia, pneumonia e desnutrição) - tais como as doenças crônico-degenerativas (endocrinopatias, reumatopatias, cardiopatias, gastroenteropatias, entre outras subespecialidades). Por isso, o pediatra deve estar preparado a dar o atendimento primário e, eventualmente, encaminhar para o subespecialista pediátrico. Nesse contexto, julgue os próximos itens.

Considere a seguinte situação hipotética.

 Um escolar do sexo masculino vem à consulta de emergência, acompanhado por sua mãe, referindo febrícula e dores nas grandes articulações de forma seqüencial, primeiro na junta do cotovelo, depois no joelho direito e depois no tornozelo esquerdo, que chegavam a impedi-lo de andar confortavelmente, havia duas semanas. Ao exame, observa-se uma criança prostrada, anoréxica, pálida, subfebril. O exame segmentar mostra taquipnéia leve e taquicardia importante, um sopro cardíaco e sinais inflamatórios na articulação do tornozelo esquerdo. Um hemograma completo constata leucocitose sem desvio, VHS elevado e proteína C reativa de 10 mg/dL. Radiografia do tórax mostrava cardiomegalia.

Nessa situação, o diagnóstico mais provável é de doença reumática.

  • C. Certo
  • E. Errado