Medicina Especialidade Pediatria

Durante o ato cirúrgico para correção de uma hidrocele escrotal em um menino de 2 anos de idade, nota-se uma massa intratesticular endurecida, 2 cm de tamanho, que não havia sido palpada no pré-operatório devido a tensão da hidrocele. A incisão é inguinal e o testículo pode ser visualidado e palpado adequadamente. A conduta terapêutica mais apropriada é:

  • A.

    Orquiectomia radical e linfadenectomia retroperitoneal.

  • B.

    Oclusão vascular do cordão espermático, biópsia testicular e cortes de congelação. Caso mostrem malignidade, realizar orquiectomia.

  • C.

    Biópsia simples e aguardar o resultado definitivo para definir a conduta baseado na histologia do tumor e nos marcadores tumorais.

  • D.

    Biópsia simples do testículo acometido + biópsia aspirativa por punção do testículo contralateral.

  • E.

    Orquiectomia radical + biópsia do testículo contralateral por via inguinal.