Medicina Especialidade Pediatria

O tratamento cirúrgico da enterocolite necrosante é sempre muito difícil, exceto na presença de pneumoperitoneo, e procura-se seguir alguns critérios clínicos, bacteriológicos e radiográficos para indicar uma laparotomia. Estes critérios incluem todas as alternativas abaixo, EXCETO:

  • A.

    pneumatose intestinal;

  • B.

    massa abdominal palpável;

  • C.

    dor abdominal persistente, com deterioração clínica;

  • D.

    punção abdominal com saída de pelo menos 0,5 ml de líquido purulento ou de coloração achocolatada;

  • E.

    alças fixas em radiografias seriadas obtidas a cada 6 a 8 horas.