Medicina Especialidade Pediatria

Um recém-nascido com sangue O positivo, 2º filho de uma mulher com sangue O negativo, cujo primeiro filho também possui sangue O positivo, apresenta nas primeiras duas horas de vida icterícia de pele e mucosas 3+/IV. Desse recém-nascido foram coletados os seguintes exames:

Bilirrubina total: 16 mg/dL (valor de referência até 1,8 mg/dL)

Bilirrubina direta: 5 mg/dL (valor de referência até 0,4 mg/dL)

Bilirrubina indireta: 11 mg/dL (valor de referência até 1,4 mg/dL)

Sorologia para lues negativa Sorologia para citomegalovírus negativa

Sorologia para toxoplasmose negativa

Sorologia para rubéola negativa Sorologia para HIV negativa

Com base nesses dados, pode-se afirmar que a causa dessa icterícia é:

  • A.

    Doença hemolítica perinatal por incompatibilidade sanguínea por grupo sanguíneo.

  • B.

    Doença hemolítica perinatal por toxoplasmose congênita.

  • C.

    Doença hemolítica perinatal por incompatibilidade sanguínea por fator Rh.

  • D.

    Doença hemolítica perinatal por citomegalovirose.

  • E.

    Doença hemolítica perinatal por sífilis congênita.