Medicina Especialidade Pediatria

A paralisia cerebral nos primeiros meses de vida pode apresentar sinais precoces logo após o nascimento ou no primeiro trimestre, devido às anormalidades evidentes no tônus e na postura com persistência, exacerbação ou ausências dos reflexos primitivos. Dentre os sinais clínicos indicativos de alterações no desenvolvimento neurossensoriomotor do bebê de risco, é CORRETO afirmar que:

  • A.

    o reflexo tônico cervical assimétrico (RTCA), quando persiste após os 3 meses, é o de maior importância para o diagnóstico precoce de encefalopatia.

  • B.

    ) o reflexo de preensão palmar é considerado um sinal indicativo de encefalopatia grave quando está presente até o terceiro mês de vida.

  • C.

    a hipertonia extensora de pescoço e tronco, levando a uma postura de hiperextensão global (opistótono), não é um bom indicativo de encefalopatia no lactente jovem.

  • D.

    a hipertonia extensora de pescoço e tronco, levando a uma postura de hiperextensão global (opistótono), não é um bom indicativo de encefalopatia no lactente jovem.

  • E.

    um sinal neurológico desfavorável é a ausência da reação de Landau após o 2º mês de vida e é valorizado no reconhecimento de alterações neurossensoriomotoras.