Medicina Especialidade Pediatria

Um paciente portador de osteossarcoma em segunda recaída pulmonar bilateral, em uso de quimioterapia intensiva para essa segunda recaída pulmonar há 3 meses, dos quais permaneceu internado durante a maior parte do tempo por febre e neutropenia, foi, então, encaminhado para acompanhamento pela equipe de cuidados paliativos devido à ausência de resposta quimioterápica. O quadro evoluiu com derrame pleural bilateral moderado e desconforto respiratório leve. Entretanto, a queixa mais importante do paciente sempre foi de dor toracolombar intensa que limita-lhe a movimentação e o sono. Há 5 semanas, ele faz uso de dipirona, paracetamol e ibuprofeno para controle de dor.

Em relação a esse caso clínico, julgue os itens que se seguem.

O encaminhamento para equipe de cuidados paliativos foi atrasado, tendo em vista que a assistência paliativa não se restringe aos momentos terminais da doença oncológica. Ao contrário, segundo consenso da Academia Americana de Pediatria e da Organização Mundial de Saúde, essa assistência deve-se iniciar ainda durante a fase de terapia curativa do paciente.

  • C. Certo
  • E. Errado