Medicina Especialidade Pediatria

Recém-nascido de 20 dias de vida é trazido pela mãe à UBS para sua primeira consulta de Puericultura. A Mãe está preocupada, relata que a criança está defecando fezes amolecidas e várias vezes, principalmente após as mamadas; chega a trocar até 5 fraldas por dia. As fezes são amareladas, com aparência de gema de ovo. Nega produtos patológicos nas fezes. Está em aleitamento materno exclusivo. Antecedentes: RN de termo, adequado para idade gestacional, filho de mãe primigesta, com 8 consultas de pré-natal, com sorologias negativas para HIV, VDRL e Hepatites B e C, imune para toxoplasmose, sem informações para rubéola, strepo B negativo. Nascido de parto normal em Hospital sem intercorrências, com 3.210g, comprimento 50cm, PC 33cm, Apegar 9/10/10. Encaminhado ao alojamento conjunto, onde evoluiu com boa aceitação do seio materno. Recebeu alta em bom estado geral, corado, hidratado, acianótico e ictérico zona II, com encaminhamento para UBS tendo recebido a BCG e a 1ª dose de Hepatite B. Considerando o exame físico geral normal, Peso: 3.331g e estatura 52cm.

Quanto à condução do caso, assinale a alternativa incorreta.

  • A.

    Deve-se orientar a mãe e tranquilizá-la quanto à queixa, pois não se trata de uma doença. É normal o recém-nascido apresentar fezes de consistência amolecida e várias vezes, devido ao reflexo gastrocólico.

  • B.

    O Aleitamento Materno Exclusivo (AME) deve ser incentivado até os 6 meses. O AME é uma segurança para o médico e para a mãe de que essa criança está bem, e não se trata de uma diarreia patologia, e sim fisiológica.

  • C.

    Pode-se informar à mãe que a carteira vacinal da criança no momento está completa, e, ao completar um mês de vida, a criança deverá retornar ao serviço para fazer a segunda dose de Hepatite B.

  • D.

    Os riscos como o de morte súbita do recém-nascido devem ser pesquisados nesta consulta. A mãe deve ser orientada sobre medidas preventivas, como posição para dormir em decúbito dorsal horizontal e outras medidas preventivas para sufocamento etc.

  • E.

    Conclui-se que é uma criança que está em bom estado de saúde, eutrófico, ganhando cerca de 40g de peso por dia, com crescimento e ambiente emocional adequado, sendo cuidado por mãe zelosa. O retorno deverá ser agendado para seis meses.