Medicina Especialidade Pediatria

Uma criança, com cinco anos de idade, apresenta quadro de poliúria e polidipsia, com perda do ritmo diário da urina. Um teste de restrição hídrica é proposto.

Considerando esse cenário, assinale a opção correta.

  • A.

    Se, na primeira hora de teste, a osmolalidade urinária for de 600 mOsm/kg e o valor se repetiu na terceira hora, esse paciente deve ter DI central.

  • B.

    Se a criança tem polidipsia primária, seu sódio sérico estará muito alto, o que impedirá a concentração urinária.

  • C.

    Nem a hipernatremia nem a hipocalemia encontrada nesse contexto atrapalham a realização do teste.

  • D.

    A dosagem de ADH pode ser útil na diferenciação entre DI central parcial e DI nefrogênico.

  • E.

    Após a perda de 5% do peso corporal, se a urina não concentrou, a criança deve ter DI central.