Medicina Especialidade Pediatria

Um paciente, com cinco anos de idade, foi levado ao pronto atendimento em decorrência de dispneia progressiva havia três dias, associada à fadiga, desconforto em flanco esquerdo e palidez cutaneomucosa. Ao exame físico, apresentou esplenomegalia volumosa, saturação de O2 de 80%. O hemograma evidenciou 300.000 leucócitos, 90% de células blásticas com características linfoides e 50.000 plaquetas. Ao RX de tórax, o paciente apresentou infiltrado pulmonar bilateral.

Considerando as informações no caso acima descrito, assinale a opção que contém a terapêutica imediata mais indicada a ser instituída para controle da insuficiência respiratória aguda.

  • A.

    leucoaferese para tratamento da síndrome de hiperviscosidade secundária a leucemia linfoide aguda

  • B.

    prescrição de rituximab para controle dos blastos CD20 positivo

  • C.

    esplenectomia de urgência devido à síndrome compartimental abdominal

  • D.

    início imediato de daunorrubicina e citarabina para controle da leucemia linfoide aguda

  • E.

    radioterapia esplênica para controle do hiperesplenismo