Medicina Especialidade Pediatria

Uma paciente, com doze anos de idade, portadora de deficiência de proteína S, evoluiu com quadro de embolia pulmonar maciça com instabilidade hemodinâmica. Diante da gravidade, optou-se por terapia trombolítica de emergência.

Com base nesse caso clínico, assinale a opção que contém contraindicação absoluta para o uso da terapia trombolítica sistêmica nos casos de embolia pulmonar com instabilidade hemodinâmica grave.

  • A.

    infarto agudo do miocárdio prévio

  • B.

    sangramento cerebral prévio, neurocirurgia craniana ou cirurgia ocular recentes

  • C.

    hipertensão arterial controlada

  • D.

    menstruação

  • E.

    insuficiência renal crônica não dialítica