Medicina Especialidade Pediatria

Texto para as questões 56 e 57

O desenvolvimento tecnológico e o progresso nas descobertas científicas proporcionaram avanço rápido nas pesquisas e no uso clínico das terapias imunológicas em pacientes oncológicos, superando a resistência tumoral ao tratamento convencional com quimioterapia. Os anticorpos monoclonais contra antígenos tumorais humanos têm sido usados associados, ou não, a esquemas de quimioterapia.

Assinale a opção que descreve corretamente os mecanismos da ação antineoplásica dos anticorpos monoclonais in vivo sobre os tumores.

  • A.

    internalização do anticorpo e ação do anticorpo no núcleo, bloqueando os genes que controlam a divisão celular

  • B.

    ligação ao antígeno de superfície, bloqueando a molécula que age como receptor, e transdução do sinal intracitoplasmático para a apoptose

  • C.

    indução da fagocitose, por meio da ligação da porção Fc ao receptor específico nos monócitos

  • D.

    indução da dimerização de cadeias de receptores de fator de crescimento, levando à internalização do receptor, que não pode ser mais estimulado

  • E.

    fixação de complemento, citotoxicidade mediada por célula, associação do anticorpo com moléculas radioativas e quimioterápicas, bloqueando ação de ligantes aos antígenos que são receptores de fator de crescimento