Medicina Especialidade Pediatria

Um paciente com nove anos de idade, apresentando história de febre intermitente, astenia e dor óssea, realizou exames que mostraram leucometria = 150.000/mm3; 80% de blastos; hemoglobina = 7g/dL, plaquetas = 35.000/mm3. Aspirado de medula óssea revelou blastos com marcação para linhagem de células precirsoras B, CD13 positivas. Citogenética mostrou clone com t(9,22)(q34;q11).

Considerando-se esse caso clínico, é correto afirmar que

  • A.

    o uso de mesilato de imatinib só deverá ser iniciado se for confirmada a presença do transcrito BCR/ABL.

  • B.

    o risco de ocorrer síndrome de lise tumoral é pequeno, uma vez que a presença da t(9,22)(q34;q11) é acompanhada de alta frequência de resistência ao tratamento.

  • C.

    o transplante de medula óssea é uma estratégia indicada, de tratamento do referido paciente, portador de doença com altas taxas de recaída.

  • D.

    o fenótipo aberrante, pela presença de CD13, é incomum na LLA Ph positiva.

  • E.

    LLA Ph+ é mais frequente em crianças que em adultos.