Medicina Especialidade Pediatria

Uma criança de dois anos de vida apresenta retardo de crescimento e diarréia de evolução crônica, caracterizada por fezes amolecidas, sem muco nem sangue, com freqüência de quatro a cinco evacuações diárias. Não apresenta vômitos. Seu abdome é distendido e o emagrecimento, acentuado. A história alimentar mostra que a criança foi amamentada ao seio materno durante os dois primeiros meses, recebendo, a partir daí, leite de vaca pasteurizado, fervido e engrossado com mucilagem de arroz. Passou a se alimentar também com papa de frutas e sopas de legumes no quarto mês de vida, aceitando bem os alimentos introduzidos. Seus pais não são atópicos. Começou a apresentar diarréia no oitavo mês de vida. O exame físico não revela nenhuma alteração além do abdome distendido e do emagrecimento relatado pela mãe. O exame parasitológico de fezes é negativo, e o hemograma evidencia anemia leve do tipo hipocrômica e microcítica.

Com base no caso clínico apresentado, julgue os itens seguintes.

Embora não haja relato de exposição alimentar ao trigo, é importante pesquisar, nesse caso, a presença de anticorpos antiendomísio, para se afastar a possibilidade de doença celíaca, uma vez que os sintomas e os sinais relatados caracterizam também o quadro clínico dessa doença.

  • C. Certo
  • E. Errado