Medicina Perícia Criminal

Uma paciente de vinte e nove anos de idade, previamente hígida e com trinta e duas semanas de gestação, compareceu à consulta com queixa de cefaleia holocraniana de leve intensidade. Ao exame físico, apresentou pressão arterial de 154 mmHg × 102 mmHg, frequência cardíaca de 88 bpm, bulhas normofonéticas e ausência de sopros. Os demais dados do exame físico não apresentaram alterações significativas. Os exames complementares evidenciaram apenas proteinúria de 440 mg, em 24 horas, sem qualquer outra anormalidade. O eletrocardiograma não mostrou alterações.

Com base no caso clínico apresentado, julgue os itens a seguir.

Havendo boas condições maternas e fetais, o tratamento definitivo é a cesariana imediata, precedida da administração de corticoide.

  • C. Certo
  • E. Errado