Medicina Perícia Criminal

Uma paciente de vinte e oito anos de idade foi atendida no serviço de urgência com sintomas agudos de tosse e dispneia durante um treino de corrida. Na anamnese, negou histórico de patologias do trato respiratório, exceto crises frequentes de rinite alérgica. No exame físico, apresentou taquipneia, taquicardia, pulso paradoxal, hipertimpanismo do tórax, sibilos expiratórios e 90% de saturação de oxigênio. Após encaminhamento, a paciente realizou avaliação da função pulmonar.

 Com base nas informações apresentadas, e no que se refere ao possível diagnóstico da paciente, julgue o item a seguir.

Nesse caso, é esperado, na prova de função pulmonar, o aumento do pico do fluxo expiratório (PFE) e a redução da capacidade vital (CV).

  • C. Certo
  • E. Errado