Medicina Especialidade Pneumologia

Paciente do sexo masculino, 58 anos, negro, aposentado, procura o pronto socorro referindo há dois dias febre alta, tosse produtiva com expectoração amarelada e dor torácica. É hipertenso em uso de enalapril 30 mg/dia. Nega outras doenças. É tabagista de 20 cigarros/dia há 35 anos e estilista de cerveja e aguardente diariamente. Ao exame físico observamos: pressão arterial de 80 x 50 mm Hg, freqüência respiratória de 29 incursões/minuto, freqüência cardíaca de 92 batimentos/minuto, aumento do diâmetro antero-posterior do tórax, murmúrio vesicular diminuído universalmente e ausente na base do hemitórax direito e estertores creptantes em terço médio direito. A teleradiografia de tórax realizada no momento do atendimento mostra imagem de hipotransparência com broncograma aéreo em terço médio de hemitórax direito e velamento do seio costofrênico do mesmo lado. A conduta mais apropriada é:

  • A.

    Admissão hospitalar + Ceftriaxona e Azitromicina;

  • B.

    Admissão hospitalar em unidade intensiva + Cefuroxime venoso;

  • C.

    Tratamento ambulatorial com Amoxacilina oral;

  • D.

    Admissão hospitalar em unidade intensiva + Imipenem;

  • E.

    Tratamento ambulatorial com cefalexina oral.