Medicina Especialidade Pneumologia

Com relação ao diagnóstico laboratorial de Tuberculose, de acordo com a III Diretrizes para Tuberculose (TB), da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), é CORRETO afirmar que:

  • A.

    os primeiros exames a serem solicitados são a radiografia de tórax e a pesquisa de BAAR no escarro, que tem baixo valor preditivo positivo em nosso meio (> 95%) e baixa sensibilidade (40-60%).

  • B.

    sejam coletadas três amostras de escarro espontâneo, nos três dias consecutivos à primeira consulta que o paciente sintomático respiratório (SR) procurar o atendimento.

  • C.

    seja indicada, nos pacientes sem expectoração espontânea e radiografia sugestiva de TB, a indução de escarro com solução salina hipertônica, apesar de o rendimento diagnóstico ser aquém do da broncoscopia com lavado broncoalveolar (LBA).

  • D.

    a cultura permite a identificação do Mycobacterium tuberculosis (Mtb) e a realização do teste de sensibilidade, além de aumentar o rendimento diagnóstico em 80%.

  • E.

    a identificação de espécies pela cultura consiste em distinguir as micobactérias do complexo Mtb das micobactérias não-tuberculosas (MNTB).