Medicina Especialidade Pneumologia

Ana Maria, 65 anos, cabelereira, procura o prontoatendimento em decorrência de dor pleurítica em região infraescapular direita de início há 2 dias. Apresenta tosse produtiva com expectoração mucosa e dispneia discreta, sem trauma local ou esforço físico. O médico observou uma fácies de sofrimento. No exame do tórax, percebeu-se uma redução do MV, em região infraescapular direita, PA 100/60, FR 30 mpm, temperatura axilar de 37,8 SpO2 em ar ambiente de 94%.

Com relação a essa paciente, assinale a alternativa que corresponde à CORRETA conduta do médico:

  • A.

    Prescrever amoxacilina clavulanato e analgésicos e solicitar retorno em 3 dias.

  • B.

    Solicitar uma radiografia de tórax em PA e perfil esquerdo (melhor para avaliar região infraescapular) + quinolona respiratória por 7 dias.

  • C.

    Internar em enfermaria para observar evolução, prescrever analgésico, amoxacilina e oxigênio nasal 2L/min.

  • D.

    Solicitar exame de ureia e atentar para confusão mental, prescrever ceftriaxona + macrolídeo e aguardar resultado de exame para definir local de tratamento (domicílio ou internação).

  • E.

    Como não existe confusão mental, sua saturação está muito próxima ao normal (95%) e não há vaga para internamento, mandar a paciente para casa e solicitar que volte no dia seguinte.