Medicina Especialidade Pneumologia

Texto para as questões de 35 a 37

Uma mulher com sessenta e seis anos de idade é portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica, com evolução clínica estável no momento da avaliação, sem critérios para cor pulmonale. A gasometria evidenciou PaO2 = 51 mmHg; PaCO2 = 53 mmHg; pH = 7,38; BE + = 5,7. Após 30 minutos sob oxigenoterapia por cateter nasal, a 1,5 L/minuto, os sintomas da paciente permaneceram sem alterações.

Para o caso clínico acima apresentado, a conduta mais adequada é

  • A.

    administrar a almitrina.

  • B.

    evitar a oxigenoterapia, pois a hipercapnia é muito mais deletéria que a hipoxemia.

  • C.

    evitar a oxigenoterapia e aumentar a dose dos broncodilatadores.

  • D.

    manter a oxigenoterapia com o objetivo de manter o nível mínimo da PaCO2, desde que a PaO2 se mantenha em pelo menos 55 mmHg.

  • E.

    aumentar a oxigenoterapia, facilitando o decaimento da pressão da artéria pulmonar.