Medicina Especialidade Psiquiatria

A medicina grega clássica se alicerça na relação médico-paciente, considerada uma expressão técnica baseada no valor da pessoa. O médico era o melhor remédio. Era uma relação essencialmente humana entre duas pessoas que se respeitavam. As tarefas médicas deixaram de ser restritas à relação diagnósticotratamento e passaram a incluir medidas de profilaxia. É notória, então, a importância dos aspectos psicológicos dessa relação. A relação médico-paciente é ponto central e decisório para uma boa resolutividade no tratamento. Acerca desse assunto, julgue os seguintes itens.

Uta Gernhardt, em um de seus trabalhos, mostra que, em função da concepção de certas doenças em particular, o tratamento pode, por exemplo, ser tão indesejável para o paciente como uma punição e, por isso, ser facilmente abandonado.

  • C. Certo
  • E. Errado