Medicina Especialidade Psiquiatria

No que concerne à pedofilia, é INCORRETO afirmar:

  • A.

    A maioria dos molestamentos de crianças envolvem toques genitais ou sexo oral. A penetração vaginal ou anal ocorre com pouca freqüência, exceto em casos de incesto.

  • B.

    A pedofilia envolve impulsos ou excitação sexual recorrentes e intensos em relação a crianças de 13 anos de idade ou menos por um período de pelo menos seis meses. Pessoas com a condição têm, no mínimo, 16 anos de idade e pelo menos cinco anos a mais do que suas vítimas.

  • C.

    Os criminosos relatam que, quando tocam uma criança, a maioria (60%) das vítimas são meninas. Noventa e nove por cento dos casos de vitimização de crianças sem toque, tais como espiar por janelas e exibicionismo, são perpetrados contra meninos.

  • D.

    Noventa e cinco por cento dos pedófilos são heterossexuais, e 50% tinham consumido álcool em excesso no momento do incidente. Além da pedofilia, um número significativo dos perpetradores está ou já esteve envolvido com exibicionismo, voyeurismo ou estupro.

  • E.

    Quando o indivíduo está no final da adolescência e envolvido em um relacionamento sexual contínuo com uma criança com 12 ou 13 anos de idade, o diagnóstico não é feito.